Bruna Furlan tem projeto de criação de fundos patrimoniais em universidades aprovado na Câmara

Formados por doações, fundos serão utilizados no financiamento de pesquisas e atividades de extensão. CCJ retirou a exigência de aplicações serem geridas por comitê específico

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (19), em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 4643/12, de autoria da deputada federal, Bruna Furlan (PSDB), que autoriza instituições federais de ensino superior a implantarem fundos patrimoniais.

De acordo com a proposta, os fundos serão criados em cada instituição para administrar recursos de doações ou outras fontes, e esse dinheiro será utilizado no financiamento de pesquisa e extensão universitária.

A matéria seguirá agora para análise do Senado, exceto se houver recurso para que passe antes pelo Plenário da Câmara.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *